sábado, 20 de fevereiro de 2016

Se eu pudesse voltar no tempo...



Se eu pudesse voltar no tempo jamais teria deixado você partir. Eu teria te abraçado mais vezes, teria rido mais das suas piadas, teria segurado mais vezes a sua mão, eu tentaria ser um pouco menos egoísta e apoiaria mais os seus sonhos.

Se eu pudesse voltar no tempo eu te diria todas as coisas que sempre tive vontade, mas que guardei para mim por achar que sempre haveria um amanhã para falar, eu brigaria menos por todos aqueles motivos bobos e eu não diria todas as palavras que tantas vezes te magoaram.

Mas eu não posso voltar no tempo, nem apagar todos os erros que cometi, porque nem sempre há uma segunda chance e agora eu preciso conviver com fato de que nunca mais verei você sorrir.

Eu apenas queria ter aproveitado mais o tempo que passei com você.



quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Pratique o amor próprio!




O fato é que tentar ser perfeito é cansativo, pois não importa o quanto tentemos nunca será possível apagar os nossos defeitos e mesmo que fosse ainda não seria suficiente, sempre haverá críticas de todos os lados. Por isso devemos aceitar e sentir orgulho de quem realmente somos. É claro que sempre tem coisas que podemos melhorar em nós mesmos, mas que a busca pela perfeição não seja um propósito de vida e que as mudanças não sejam para agradar ou provar algo a alguém, que sejam por você e apenas por você.
 

A verdadeira solidão não é quando o mundo o abandona, é quando você abandona a si mesmo, quando deixa que a sua vida se resuma a buscar aprovação das pessoas, quando você não conhece o significado do amor próprio. Portanto, não aprenda a ser perfeito, aprenda a amar-se do jeito que você é, a valorizar as suas qualidades e aceitar os seus defeitos.