sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Ninguém manda no coração




E mil vezes eu repeti para mim mesmo: não se apaixone. Eu sabia desde o começo que isso acabaria mal, mas quem disse que o meu coração quis me obedecer?
Eu não devia me sentir assim, mas quando você está por perto eu não consigo pensar em nada além de você. E, por favor, não me culpe. Eu não fiz de propósito. Se quiser culpar algo, culpe o seu lindo sorriso ou seu jeito de olhar. Com certeza eu não sou a única pessoa que não consegue resistir a eles.
Eu sei que você não me vê do mesmo jeito que eu te vejo e, não vou negar, isso realmente machuca, mas não vai doer para sempre. Uma hora eu vou ter que encarar o fato de que não posso passar minha vida todo amando alguém que nunca irá sentir o mesmo por mim.
Uma vez me disseram que o amor não é egoísta. Agora eu entendo o motivo. Por que por mais que eu te ame, antes de querer ficar com você, meu maior desejo é te ver feliz. Acho que o amor deve ser isso: fazer tudo por alguém sem esperar nada em troca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário